Pesquisar este blog

domingo, 31 de janeiro de 2016

Alguns esclarecimentos pertinentes.

Para quem não sabe ou não mais se recorda, sou, sem absolutamente nenhum orgulho disso, ex-colunista do Mídia sem Máscara, tendo mantido uma relação distante, mas de amizade com Olavo de Carvalho - que me chamou de "Meu amigo Caio Rossi" em um artigo de 2006 -, e tive um de meus artigos lá publicados selecionado para a coletânea que compôs o livro Conspiração de Portas Abertas, como se pode verificar no site da Livraria Travessa:

Lembro-me de que a principal razão que o organizador me ofereceu para justificar a seleção do meu texto foi de que eu era o único que oferecia fontes para tudo o que era afirmado. A quem tiver o livro, sugiro que vá até o meu artigo e compare a quantidade de notas de rodapé em contraposição à que se encontra nos outros artigos. 

É com o mesmo critério rigoroso e com a máxima transparência que tenho feito todo o trabalho de exposição e análise das crenças e ações do pensador mais influente na "nova direita" brasileira, dando o meu nome e a minha cara a tapa tanto neste blog, como no Prometheo Liberto e nos Hangouts. O meu testemunho direto, somado ao que veio de outras fontes, é muito mais do que se encontra nesses meios, mas jamais fiz quaisquer dessas informações para as quais não podia oferecer provas concretas a base dos meus argumentos. Tudo o que disse sobre as crenças do Sr. Olavo de Carvalho e sua ação cultural e política foi corroborado por evidências fornecidas por ele mesmo ou associadas inequivocamente ao que ele afirmou. 

Essa empreitada de cerca de 2 anos custou-me tempo e um enorme desgaste pessoal, além de inúmeros dissabores, exigindo imensos esforços de minha parte e sacrifício do meu tempo de lazer e estudo, além de me render uma ameaça - por vias de magia negra (!!) e campanha de difamação nas redes sociais, a exemplo do que tem sido feito contra o Sr. Cassiano Tirapani - feita pelo mais idiota dos membros da família de Carvalho, o Tales de Carvalho - provavelmente o único "conservador" que disse "mano" no ar em toda a história da Rádio Vox -, de cuja tariqa sufi fui membro por algum tempo (A propósito, Sr. Tales: caso continue a fazer circular a versão de que eu teria sido expulso da tariqa, lembre-se de que tenho seus e-mails me dizendo que sabia que eu havia pedido para não me procurarem mas clamando para que eu retornasse. Sim, você é mesmo o mais idiota dos membros desse clã de gnósticos).

Mas isso tudo foi somente uma introdução para justificar o que segue:

Esse trabalho que os irmãos Velasco e eu temos desenvolvido por todo esse tempo passou a chamar muito mais atenção devido aos "entreveros" públicos recentes envolvendo Olavo e outros opositores do petismo, e sobretudo agora, com a campanha de difamação movida contra o Sr. Tirapani. Nos últimos dias, alguns perfis falsos foram criados no Facebook para apontar as contradições do gnóstico da Virgínia quanto à questão da exigência de um "necrolégio" no COF e seu uso indevido. Apesar dele afirmar categoricamente que os irmãos Velasco os teriam criado, pelo menos um dos verdadeiros donos desses perfis já veio a público (o que exigiria que ele se retratasse publicamente também).

Além disso, outras pessoas, cuja vericidade do perfil é pública e notória, têm utilizado elementos do que viemos revelando, misturados com interpretações erradas de seu conteúdo e adicionados a informações que não podem ser demonstradas - como a prática de orgias sexuais homo, hétero ou pansexuais - para se contrapor ao Olavo de Carvalho e seus seguidores. 

Quero deixar claro que essas pessoas, por mais que nos contatem nas redes sociais e nos dêem apoio público,  não fazem parte de um "coletivo" integrado e coordenado com os Velascos ou comigo, e que sou crítico de sua ação, seja na utilização de perfis "fake", seja na propagação de supostos fatos sem qualquer prova. Por mais que eu os considere frequentemente divertidos, e independente de quaisquer informações que eu possa ter que corroborassem essas afirmações, o fato é que o que tenho apontado é totalmente independente dessas especulações - assim como os itens inumerados por Carlos Velasco em post recente - e destacá-las, como se fossem o essencial da questão, quando na realidade são irrelevantes, é mera burrice. E eu prefiro que somente o outro lado conte com o apoio de um idiota. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário